Bem-vindo à Tecassistiva - Tecnologia e Acessibilidade

VOCÊ SABIA QUE INSTITUTOS FEDERAIS POSSUEM NÚCLEOS DE ACESSIBILIDADE?

#ParaTodosVerem Criação Gráfica de fundo amarelo escuro, contendo três destaques em formato de caixas nas cores: azul, no canto direito superior, com a ilustração de uma orelha com traço diagonal para a esquerda, representando o surdo; uma caixa de fundo verde no canto direito inferior, com a ilustração de um olho com corte diagonal para a esquerda, representando o cego; e uma caixa laranja, do lado esquerdo da caixa verde, com uma ilustração de um cadeirante, representando o deficiente físico. Em destaque em um balão de fundo cinza claro, a frase: “NAPNES – Núcleo de Atendimento às Pessoas dom Necessidades Educacionais Específicas. E em outro balão de cor azul, à esquerda, o destaque para: “Você Sabia?”.

Olá Tecas, como estão?

Hoje abordaremos um pouco sobre os Núcleos de Apoio às Pessoas com Necessidades Educacionais Especiais (NAPNEs), sabem o que são?

Nas Instituições da Rede Federal de Ensino (IFES) – Institutos Federais e CEFETs – há núcleos específicos para atender alunos e comunidade externa, que acessem à Instituição, denominados NAPNES, os quais são facilitadores e disseminadores de ações inclusivas, buscando não apenas a inclusão de alunos com necessidades educacionais específicas nos bancos escolares, mas, também, sua permanência e saída exitosa para o mundo do trabalho, atuando no ensino, na pesquisa e na extensão.

Essa foi iniciativa idealizada pelo Ministério da Educação através de um programa de profissionalização de pessoas com deficiências, altas habilidades e transtornos globais, chamado TEC NEP, além de capacitar docentes e técnicos administrativos das instituições envolvidas.

O objetivo geral do NAPNEs é criar uma cultura da educação para a convivência, aceitação da diversidade e principalmente eliminar barreiras arquitetônicas, educacionais e atitudinais, seja dentro ou fora de uma instituição de ensino.

Algumas Competências dos NAPNES

  • Implantar estratégias de inclusão, permanência e saída exitosa para o mundo do trabalho de Pessoas com Necessidades Educacionais Específicas (PNEEs);
  • Articular os diversos setores da instituição nas atividades relativas à inclusão, definindo prioridades;
  • Buscar parcerias com entidades de atendimento de PNEEs;
  • Incentivar e/ou realizar pesquisa e inovação no que tange à inclusão de PNEEs;
  • Promover quebra de barreiras arquitetônicas, comunicacionais, metodológicas, instrumentais, programáticas e atitudinais na Instituição de Ensino.

E você sabia da existência desses núcleos das Instituições Federais de Ensino? Conte pra nós sua experiência!

FIQUE POR DENTRO

Deixe seu nome e email que mandaremos informativos atualizados periodicamente