Bem-vindo à Tecassistiva - Tecnologia e Acessibilidade

JOGOS PARALÍMPICOS & SUA IMPORTÂNCIA SOCIAL

#ParaTodosVerem Post gráfico contendo o título “Jogos Paralímpicos 2020 e sua Importância Social”, no canto superior à esquerda. No canto adjacente (inferior à direita), contem o emblema dos Jogos Paralímpicos Tóquio 2020, representado por um louro em um padrão de xadrez índigo.

No próximo dia 05 de Setembro de 2021, ocorrerá o encerramos dos Jogos Paralímpicos de 2020, ocorrido em Tóquio, China.

Os Jogos Paralímpicos, no formato como conhecemos hoje, acontecem desde 1960, ano em que o evento foi sediado em Roma, na Itália. Porém, a origem das Paralimpíadas teve início em 1948, quando o neurologista alemão Ludwig Guttmann organizou um conjunto de competições esportivas para homens com deficiências resultantes do tempo de combate na Segunda Guerra Mundial.

Com influência da imprensa, as competições começaram a ser conhecidas como Paralimpíadas, originado a partir da contração das palavras “paraplegia” e “Olimpíadas”, pois a maior parte dos participantes à época eram pessoas paraplégicas.

A grande importância social da inclusão social na paralímpiadas é a valorização dos esportistas com deficiência, destacando apenas sua atuação na competição independente de seu biótipo ou sua deficiência. Esta inclusão é submetida a uma adequação, para dar oportunidades de vivências produtivas às pessoas envolvidas. Destaca-se uma maior percepção de que o profissional deve ser valorizado por suas potencialidades e pela contribuição que oferece para a sociedade.

“A performance de um atleta paralímpico faz com que quem assista tenha uma transformação de dentro para fora. Eles percebem as eficiências do atleta paralímpico, aquilo que eles maximizam e o que conseguem fazer, e não ficam prestando atenção na deficiência que porventura aquele atleta tenha. Ela não está escondida, ela está lá, está visível, mas nesse contexto ela importa menos do que a eficiência. E esse é um grande fator de mudança de atitude”

Afirmação do presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), Andrew Parsons.

Finalizamos esse post parabenizando aos nossos atletas paralímpicos medalhistas, bem como nos alegramos daqueles que representaram com muita eficiência a nossa Nação perante o mundo.

FIQUE POR DENTRO

Deixe seu nome e email que mandaremos informativos atualizados periodicamente